Horizon Chase Turbo traz cheiro de novo a clássico das corridas

Navegar por...

Voltar às origens está cada vez mais em alta no mundo dos games e o retrô voltou a ser cool outra vez. Uma prova disso é a quantidade de consoles clássicos que estão sendo relançados nos mercado. Em uma rápida pesquisa, você vai se deparar com novas versões do Atari, Super Nintendo e PlayStation 1.

Mas com toda tecnologia que dispomos hoje em dia, porque não unir o útil ao agradável? Pegar algo de sucesso ontem e repaginá-lo, tornando-o mais “funcional”, sem perder a sua essência.

Foi justamente isso que o estúdio brasileiro Aquiris Game fez ao lançar Horizon Chase Turbo. Por mais que o jogo tenha sua própria identidade, ele é um Top Gear escrito. E a própria produtora revelou sua reverência/referência ao jogo lançado em 1992 pela Kemco.

Sem título

Pista de corrida localizada em Brasília, com a Catedral Metropolitana ao fundo

Ao melhor estilo arcade, o jogo é extremamente simples. Assim como seu homenageado, em Horizon Chase Turbo você se vê imergido em um campeonato mundial de corrida, que passa por 109 pistas divididas por 48 cidades. Você encontrará pistas em lugares como Brasília, São Francisco, Tóquio e por aí vai.

Para a competição, estão disponíveis ao jogador 31 modelos diferentes de carros, todos eles com nomes genéricos, mas que lembram modelos reais. Ainda existe a opção de melhoria dos veículos, que é conquistada em corridas bônus, que libera tais melhorias.

No Brasil, por exemplo, essa disputa é realizada na Chapada Diamantina, localizada na Bahia. Ainda no nosso território, além de Brasília, mas corridas se passam em Niterói, no Rio de Janeiro e em Salvador, também na Bahia.

screenshot-(1)

Screen de como o mundo é mostrado no jogo

Sua premissa é extremamente simples. As únicas preocupações do jogador é acelerar e fazer curva. Além, é claro, evitar a colisão com outros jogadores. Mesmo que isso não cause dano ao veículo, ele atrapalha seu desempenho, fazendo com que você perca um tempo precioso.

A parte gráfica do jogo impressiona, não só pelo design dos carros. A Aquaris teve todo o cuidado também com os cenários, utilizando pontos reais no plano de fundo. Mais acima no texto, é possível ver a Catedral Metropolitana na pista de Brasília.

Apesar do jogo ser divertido e abraçar com tudo a nostalgia, chega um ponto em que ele se torna maçante e repetitivo. Ao ficar realizando basicamente a mesma ação o tempo todo, ele acaba se tornando cansativo, tal qual era com Top Gear.

O que pode ajudar bastante na falta de emoção é o fato do jogo ter suporte para o multiplayer, dando espaço para que até quatro jogadores possam dividir uma corrida. E é claro que jogar com amigos é sempre mais legal que a campanha solo.

Sem título3

Mapa brasileiro no jogo

Para quem gostou da ideia e quer passar um tempo no jogo, ele é multiplataforma. Lançado em maio deste ano, Horizon Chase Turbo está disponível para PC, via Steam e PlayStation 4. Ele ainda será lançado para Xbox One e Nintendo Switch.


Se você gosta do trabalho do Junta 7, siga nos apoiando! Compartilhe com os amigos, além de nos curtir no Facebook e nos seguir no Twitter e no Instagram. Dá aquela moralzinha pra gente <3

Comentários

comentário(s)