Adeus, Carrie

Navegar por...

Princesa, Rebelde, General, símbolo de esperança, essa foi a personagem que Carrie Fisher deu vida no começo de sua carreira, aos 19 anos de idade, em um filme que poucos sabiam no que daria, e que o próprio diretor não botava fé – mas que marca até hoje a história do cinema, revolucionando na forma de se fazer filme. Star Wars marcou a vida de Carrie, e ela – assim como a Saga – marcou a nossa.

ng8053294

Crescemos acompanhando as incríveis histórias de Star Wars, onde haviam dois lados e uns caras brigando com umas espadas estranhas, que ninguém entendia bem o que era. Esse universo fantástico que mesmo após 50 anos continuou forte e resistente, passando de pai para filho, e ditou o estilo de vida e gostos de muitos. Ditou o meu.

2016, no geral, foi um ano difícil e triste, e hoje, infelizmente, mais um abalo na Força foi sentido. Fisher se foi, e nós fãs ficamos desolados com isto. Carrie foi importante demais para nós, seja como a ‘primeira paixão’ ou como ‘a princesa badass’. Uma grande atriz, que sabia se impor e qual era seu lugar, que desde cedo se viu inundada pela fama que os filmes lhe trouxeram. E como muitos dizem, Carrie era a Leia, mudava algo aqui ou ali, mas ambas eram a mesma pessoa.

Resultado de imagem para han solo and leia hug

É difícil falar dela sem falar de sua personagem, e é exatamente por isso que criamos um enorme carinho, simpatia e amor por ela, que era o coração da Saga. Afinal, Luke é legal, o Jedi da parada; Han é o cara descolado e bad boy; mas Leia, Leia é a personificação da esperança, da força e da luta, eu particularmente tenho um carinho muito especial por sua personagem. Vê-la em O Despertar da Força foi tão marcante, saindo daquela nave, com a idade mais avançada, você vê que o tempo passou, tudo mudou, mas ao mesmo tempo tudo continua ali, é a Leia, é a personagem que amamos… Em Rogue One então, foi difícil controlar a emoção.

635858719750727952-xxx-star-wars-the-force-awakens-cast-480-78029228

Com seu humor ácido e respostas sempre na ponta da língua, Carrie nunca disfarçou sua batalha contra as drogas e a bipolaridade, levando muitas entrevistas sobre isso com tons irônicos e brincadeiras, afinal, “pergunta idiota…” Em Hollywood, Carrie lutou para que personagens femininas ganhassem seu merecido destaque e protagonismo nos filmes, defendendo com garra a representatividade, com discursos que hoje possuem mais força, mas que ela lá em 1970 já agarrava. Leia foi uma importante personagem para isso.

Para muitos fãs assim como eu, ela não era apenas uma personagem ou atriz, ela era da família, aquela pessoa que indiretamente fez parte do nosso dia a dia, seja em figuras de ação, pôsteres, roupas ou frases marcantes. Pode parecer exagero, mas não é, Star Wars realmente tem uma grande importância e peso em mim, me fez ter gosto por diversas coisas quando eu não sabia bem o que eu era e me fez criar grandes amizades que carrego até hoje (dentre outros). Como foi dito, nós que “crescemos” com ela, cultivando esse carisma, decorando suas falas, gostando da personagem e daquilo que ela representa, ao nos depararmos com uma notícia tão triste, fica o sentimento de perda. Saber que uma pessoa que marcou sua infância faleceu é triste demais.

Resultado de imagem para carrie fisher 2016

Mas Fisher foi muito mais do que disse acima, e é por isso que foi tão importante para nós, ela nos divertiu, entreteve, emocionou e fez parte do nosso universo fantástico. Uma pessoa que mesmo com seus problemas se mantinha de cabeça erguida e sempre levou tudo com força e superação, sempre animada e mandando ver. E por isso, e muito mais, você fará falta, Carrie, e sempre será amada por nós, deixando agora sua marca.

Que a Força esteja sempre com você, General. Mas saiba que para nós, você sempre será da realeza. Obrigado pelas aventuras!

Adeus.

Resultado de imagem para may the force be with you leia gif

Comentários

comentário(s)