Dave Letterman prova sua potência em talk show empolgante para Netflix

Navegar por...

Os late shows são programas de grande tradição nos Estados Unidos. Na certa, você já deve ter topado com alguma esquete do programa do Jimmy Fallon, ou os Mean Tweets do Jimmy Kimmel, talvez até os Carpool Karaoke do James Corden. Todos remetem a nomes consagrados do late show americano, Johnny Carson, Jay Leno e Dave Letterman.

A Netflix já tinha apostado em talk shows antes com o irreverente programa da Chelsea Handler que durou duas temporadas com uma qualidade bastante duvidosa. Talvez o programa de Handler sofria de um grande problema no seu conceito, visto que atirava para todos os lados e não acabava acertando nenhum.

A falta de foco é algo que não acontece com My Next Guest Needs no Introducion with Dave Letterman. O talk show mensal é o retorno de Letterman ao formato após três anos de pausa depois do fim do seu programa na CBS que ficou no ar por 22 anos. Nele, vemos um apresentador mais focado em entrevistar seus convidados do que apresentar firulas.

O próprio cenário de My Next Guest prova esse desprendimento da formula dos talk shows. É apenas Letterman, seu convidado e a plateia em um teatro. O primeiro convidado, o ex-presidente Barack Obama, evidencia como o que importa para Letterman é extrair o melhor dos seus convidados.

Com pouco menos que uma hora, Obama e Letterman conversaram sobre a “perda” de seus respectivos empregos, vida em família, redes sociais, política, ativismo e legado. Enfatizo o conversaram porque Letterman conseguiu conduzir a entrevista com cadência, respeito e sutileza. Obama, um dos líderes mais carismáticos dos últimos anos (gostando ou não da administração dele), retribuiu com tradicional elegância.

Ter a oportunidade de ver dois dos maiores nomes dos últimos anos conversando de forma honesta sobre variados assuntos é uma aula de jornalismo sobre como conduzir entrevistas.

Além da presença de Obama, My Next Guest contou com uma entrevista com John Lewis, ativista político que em 1965 participou da marcha de Selma à Montgomery para protestar contra a restrição ao voto dada à afro-americanos. A história da travessia foi contada no filme Selma: Uma Luta pela Igualdade, de 2014.

Letterman conduziu o segmento sobre Selma com uma delicadeza comovente. A mescla entre a conversa com Obama e Lewis elevou de forma bela o nível de My Next Guest, conseguindo trazer muito da importância desse momento da história americana sem precisar ser didático. Ainda por cima, referenciando o Governo Trump como um retrocesso à tudo que Lewis lutou em Selma e muitas outras minorias lutam diariamente.

My Next Guest Needs no Introduction tem mais cinco convidados anunciados para os próximos programas: George Clooney, Malala Yousafzai, Howard Stern, Jay-Z e Tina Fey.

Gostou do retorno de Dave Letterman aos talk shows? Deixe seus comentários!


Este post só foi possível com a ajuda de Murilo Rosella. Ela e muitas outras pessoas que acreditam no Junta 7 e tornaram-se nossos padrinhos Jotinhas. Colabore você também clicando aqui

Comentários

comentário(s)