“Extraordinário” é uma lição de compaixão e amor ao próximo que todos deveriam ter

Navegar por...

Extraordinário não é apenas sobre um garoto com problemas físicos que sofre bullying. Não. Extraordinário consegue ser isso, sem dúvidas. Mas também consegue trazer à tona toda a bagagem que é deixada por Auggie, toda a carga emocional de pais que são obrigados a ver o próprio filho dizer, chorando, que o melhor amigo preferiria morrer do que se parecer com ele.

As palavras podem machucar.

Extraordinário-1

No filme, conhecemos a história de Auggie Pullman (Jacob Tremblay), um garoto que sofre da Síndrome de Treacher Collins, que causa a deformidade facial. Ele conta ter sofrido 27 cirurgias plásticas e ter 10 anos, e que esse, seria seu primeiro ano na escola normal. Vale comentar aqui a atuação de Jacob, que, desde o início interpretou um Auggie com uma energia e um bom coração que já te fazem apaixonar no personagem no primeiro minuto de filme.

Durante o filme, conhecemos todos os lados da história.

Olivia Pullman (Izabela Vidovic), ou Via, é a irmã de Auggie. Pelo fato de Auggie ter “problemas” especiais, Via sempre foi uma filha mais velha que após o nascimento do irmão, acabou ficando de lado. Sua avó que era a única pessoa que a colocava acima de tudo, se foi. Via está perdida, e mesmo assim é um dos melhores corações desse filme.

sonia-braga-aparece-no-trailer-do-filme-extraordinario-1_305895_36

Miranda Pullman (Julia Roberts) é a mãe, e parou todo o seu mundo no momento em que o filho nasceu. Incluindo uma dissertação que a levaria a formação em desenho, o que faz muito bem. Nate (Owen Wilson), seu marido, é assombrado pelo medo de fazer escolhas erradas e o peso de suportar tudo que consegue alcançar pra ajudar a família.

Extraordinario-Reeditado

Uma dica: filmes com Owen Wilson e cachorros são certeza de choro. Também falando nele, as pessoas deveriam começar a respeitar sua atuação, que foi um show à parte também.

Auggie Pullman (Jacob Tremblay) spricht mit seinem Vater Nate (Owen Wilson)

Em um outro momento, conhecemos Jack Will (Noah Jupe).

Jack é apresentado a Auggie no primeiro dia de escola, e após algum tempo se tornam amigos. Mas Jack é uma criança, e crianças nem sempre sabem o que falam ou fazem, ainda mais quando são influenciados.

maxresdefault

E é aí que tá toda a beleza de “Extraordinário”. Bonito é quando tudo ao seu redor pede pra você desistir, e mesmo assim Auggie possuía um coração tão bom e puro, que apesar de algumas crianças que foram criadas por pessoas fúteis, não parou de ver as coisas boas no mundo e manteve a cabeça erguida. Assim, conquistou todo o amor que merece e que deveria receber.

A direção do filme é de Stephen Chbosky, a trilha sonora é linda e a edição/roteirização merece a citação.

Extraordinário é muito mais que um filme pra você ver, chorar e deixar ali de lado.

Extraordinário é algo que traz à mostra uma das coisas mais preocupantes do mundo atual, o bullying. É também algo que te ensina acima de tudo que a compaixão é algo forte e que pode mudar o mundo. E que se você tem um coração bom, só tenha paciência que coisas lindas virão. Esperança é necessária.

 

Extraordinário

Extraordinário
8,8

Roteiro

9/10

    Atuação

    10/10

      Fotografia

      9/10

        Trilha Sonora

        9/10

          Edição

          9/10

            Pros

            • A atuação do Jacob é incrível
            • Trilha sonora é linda, e combina perfeitamente
            • O filme mostra que nem sempre as pessoas são ruins

            Cons

            • O filme é muito arrastado até a metade
            • Owen poderia ter tido mais destaque

            Comentários

            comentário(s)