#FestivalCheddar – Hits do gênero acabam com a ‘sofrência’ do McDonald’s

Navegar por...

Um dias desses vi uma amiga se indagando no Twitter do por que ela estar ouvindo Maiara e Maraísa, uma vez que ela não é fã de sertanejo. Papo vai, papo vem, junto de outra amiga, chegamos a conclusão de que o gênero da ‘sofrência’ está em todos os lugares. E quando digo isso, é em todos os lugares mesmo.

A maior prova disso é que o gênero dominou até o McDonald’s. Mas posso falar? A sacada foi excelente.

Dois dos grandes expoentes do gênero, Pablo e Nayara Azevedo são os dois protagonistas da nova propaganda do #FestivalCheddar. Na música é possível ouvir o trecho “Finalmente a sofrência acabou. O Festival Cheddar voltou. Aquela dor que parecia sem fim. É a falta que você fez pra mim”. O ideal da campanha é justamente por fim na sofrência dos fãs do Cheddar, já que o McDonald’s trouxe grandes novidades ao menu.

Além de trazer de volta a batata com cheddar e bacon, o McDonald’s retornou com o Grand Cheddar McMelt, que é, basicamente, um Cheddar duplo. Além desses a grande novidade é o Cheddar McRib Barbecue, que consiste em um hambúrguer suíno com cheddar, barbecue e cebola caramelizada. Jesus.

Além das delícias no cardápio, a propaganda chama a atenção. Em entrevista ao site Administradores, o Vice-Presidente de Marketing do McDonald’s, Roberto Gnypek, a música está sendo usada na campanha como um “importante eixo de ativação”. “Traduzimos a campanha em três hits atuais e populares para o público brasileiro: o popfunk e sertanejo, que são sinônimos de alegria e diversão”, afirmou.

Lembrando que a versão com Pablo e Nayara Azevedo, representando o arrocha, é a versão mais recente. Antes dessa, o festival já fez versão de músicas de Ludmilla e Henrique & Juliano.

Achou que o McDonald’s acertou o pulo com as propagandas? Queria ver algum outro tipo de música? Deixe aí nos comentários.


Este post só foi possível com a ajuda da André Cabrero e outras pessoas que acreditam no Junta 7 e tornaram-se nossos padrinhos Jotinhas. Colabore você também clicando aqui.

Comentários

comentário(s)