Fliperama | Alex Kidd (1986-1990)

Navegar por...

Grande parte do foco da coluna Fliperama é relembrar games que ficaram na nossa memória afetiva. E nenhum game marcou tanto neste que vos fala do que Alex Kidd. Mais precisamente Alex Kidd In Miracle World, lançado pela SEGA em 1986 e que vinha instalado na memória do saudoso Master System II.

Na época, o personagem, que mais parecia um macaco ou elfo com macacão vermelho e amarelo, havia sido criado com um único motivo: bater de frente com o Mario da Nintendo e trazer mais público para uma SEGA que ainda estava há anos da criação do Sonic.

Alex Kidd In Miracle World acompanhava o personagem-título em uma missão para resgatar seu irmão perdido, o Príncipe Egle, das garras do maléfico Jankem the Great. Passando por uma série de regiões e coletando moedas para a compra de power-ups e veículos.

Miracle World tinha muitos pontos divergentes com o concorrente Super Mario Bros. da Nintendo, a começar pelo leque de possibilidades que ele permitia. No game, você podia encarar as fases com ou sem veículos, optando por passar pelos níveis pela terra, água ou ar, cada um com uma série de desafios que exigiam uma boa dose de estratégia por parte do jogador. Outra diferença (não que sejam games que peçam por comparações) é que os chefões de fase eram derrotados em duelos de jokenpo (o clássico “pedra, papel, tesoura”).

Por sua versatilidade, o game conquistou uma legião de fãs.

Entretanto, as continuações não causaram o mesmo efeito. Alex Kidd: The Lost Stars, lançado para fliperamas também em 1986, ignorava a engenhosidade do game original no design de fases e até no jokenpo para apostar no seguro, seu personagem correndo para a direita e a esquerda e pulando na cabeça dos inimigos para derrota-los.

A derrocada de Alex Kidd continuou em 1987 com Alex Kidd BMX Trial, com o personagem no comando de uma motoca em um genérico game de corrida semelhante ao Enduro Racer (1986), também da SEGA. Mais um tropeço ignorando o gritante sucesso da formula apresentada em Miracle World.

alexkidd_2

Tela de Alex Kidd in the Enchanted Castle (1989)

Alex Kidd: High-Tech World, de 1987, também foi outro que ignorou o que foi feito antes com o personagem. Sendo um game mais focado na resolução de puzzles e uma forma de promover outros games da SEGA.

Só em 1989 que Alex Kidd teve uma sequência digna de nota, Alex Kidd in the Enchanted Castle resgatou muito da mecânica do primeiro jogo da franquia e trouxe atualizações interessantes. Ainda assim, ele não conseguiu se mostrar tão redondo quanto o game que originou a série.

A franquia ainda teve mais uma empreitada em 1990 com Alex Kidd in Shinobi World. Com vendas irrisórias em comparação com a crescente de Sonic The Hedgehog, o personagem foi cada vez mais sendo esquecido pela SEGA e pelos fãs.

Eu joguei muito Alex Kidd In Miracle World na infância, e você? Deixe seus comentários!


Ajude o Junta 7 a crescer participando da nossa campanha de financiamento coletivo do Padrim. Para participar e conhecer nosso plano de recompensas, clique aqui!

Comentários

comentário(s)