Joga Aí| PBR Raging Bulls

Navegar por...

Um dos esportes que causam maior controvérsia ao redor do mundo, o rodeio divide opiniões. De prática comum em países como Brasil, Estados Unidos, México e Austrália, o rodeio é mal visto por muitos por conta de acusações envolvendo maus tratos aos animais.

A prática da montaria surgiu nos Estados Unidos, em meados do século XIX. A primeira competição de montaria foi realizada no estado americano do Colorado, em 1869. Apesar disso, o rodeio só começar a ser visto como entretenimento entre o fim daquele século e o início do XX.

No Brasil, o primeiro rodeio aconteceu em meados da década de 1960, na cidade paulista de Paulo de Faria, fronteira com Minas Gerais. E, desde então, o Brasil se tornou um grande polo do esporte. A afirmação se torna válida quando vemos que o Brasil é sede de dois dos maiores rodeios do mundo: Barretos e Jaguariúna.

O mundo do rodeio se tornou algo tão grande, a ponto de ultrapassar fronteiras. Tendo na PBR (Professional Bull Riders) a maior empresa, a prática chegou até o mundo dos jogos de celular, com o game PBR Raging Bulls.

Este é Slate Vanderhuge, um dos peões do jogo

Este é Slate Vanderhuge, um dos peões do jogo

PBR Raging Bulls é um jogo de simulação de rodeio, logo, suas regras são as mesmas do prática original. No game, você precisa aguentar oito segundos sobre o touro, além de somar pontos (de zero até cem) para avançar os níveis.

A premissa dele é simples, a ponto de você pegar rápido o que é preciso fazer. Apesar disso, o jogo não se torna monótono, uma vez que cada boi possui um nível de dificuldade diferente. O básico deles é o pulo, que vai tentar te derrubar.

O que muda, aqui, é que cada touro tem o seu “ataque especial”. Pegando alguns exemplos, o Bullzebub, após o salto, ele dá uma espécie de rasante. O Mississippi Hippy, um touro gigantesco, rola no chão com o cawboy ou cowgirl sobre ele. Ainda temos o Air Time, meu algoz, que voa.

3

Conheça o Mississippi Hippy, um dos touros do jogo

Para ficar em cima dos touros, é preciso saber a hora certa de se segurar. Para isso, você aperta o botão da direita, como mostra a imagem acima. A cada segurada, a sua stamina cai, de acordo com o tanto que você segura. Uma maneira mais rápida de recuperá-la é dando com a espora, botão esquerdo, no touro. Mas isso o deixa mais agressivo.

Ao todo, PBR Raging Bulls, apresenta sete fases diferentes, onde cada uma representa uma cidade americana. É possível fazer montaria em cidades como Las Vegas e Moab, no estado de Utah.

Outro ponto positivo do game é a sua trilha sonora. Ele consegue, como maestria, fazer um mix de ritmos. Ao mesmo tempo que você ouve um country music, o equivalente ao nosso sertanejo, o jogo ainda apresenta uma boa pegada de rock n’ roll, principalmente com músicas do KISS. Entre elas, Detroit Rock City e Rock and Roll All Night.

Este é Smackdown, um touro blindado

PBR Raging Bulls foi uma grata surpresa que eu tive recentemente no mundo dos mobiles. O jogo é viciante, mas pode te fazer passar raiva, tal qual os da lista que já fizemos aqui no Junta 7.

Dou aqui a mesma dica que dei em Bowmaster: jogue com a internet desativada. O tanto de propaganda que tem pode te fazer desanimar. Como isso feito, a jogatina está garantida.

Desenvolvido pela Red Games, PBR Raging Bulls está disponível para Android e iOS.

Nenhum touro de pixel foi machucado para a realização deste post.


Este post só foi possível com a ajuda de André Cabrero e muitas outras pessoas que acreditam no Junta 7 e tornaram-se nossos padrinhos Jotinhas. Colabore você também clicando aqui.

Comentários

comentário(s)