O TEXTO QUE TODOS DEVERIAM LER

Navegar por...

Oi oi, galera! Como vocês estão?

Dei uma leve sumida, mas foi por boa uma ótima causa, juro! Então, para marcar a minha volta, quero compartilhar um texto revigorante com vocês. Sério, não tem como ler esse texto e não se sentir bem, aumentar sua autoestima e ver coisas que, antes, você nem sequer enxergava em sua frente. A autora é a Jéssica Delalana, uma das colunistas do blog Casal Sem Vergonha. Agora vamos nos jogar no texto!


ANTES SOZINHA DO QUE DISFARÇADAMENTE SÓ

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Juro que tento compreender as pessoas que acham ruim estarem solteiras a ponto de emendarem um relacionamento no outro, repetida e desenfreadamente. Só que não consigo. Qual é o problema de não ter um namorado? Não sei. Namorar é gostoso? Depende. Existem muitos namoros maravilhosos, assim como muitos outros horríveis por aí. A maioria sequer resiste ao teste do tempo. Sinto lhe informar que boa parte dos casais que você conhece não está sequer feliz… Infelizmente pessoas que namoram e, ao mesmo tempo, estão sós é o que mais vejo.

Namoro é pra ser uma decisão séria… Pra namorar você tem que estar certo dos seus sentimentos por alguém. A pessoa escolhida tem que ser “A pessoa”, não uma pessoa. Entende? Se você procura qualquer um, facilmente encontrará vários. Mas e daí? Qualidade nunca foi quantidade. Namoro não é uma escolha a se fazer porque todos os seus amigos estão em um relacionamento, porque o cara é bonito, porque a idade está chegando, pra ter sexo fácil ou companhia para o cinema sábado à noite. Namoro não é fuga da solidão, não é tapa buraco, não é solução pra carência… O nome disso é desespero.

Outro dia mesmo, conversando com uma amiga que estava em um relacionamento de vários términos, mentiras, cobranças, choros, brigas e desconfiança, quis saber o motivo dela ainda estar com o tal cara. Aí ela me disse: “A gente não manda no coração, né?!”. Tá, espera aí. Como assim “coração”?! Todos nós temos um cérebro e se raciocinarmos direito, veremos se uma situação está nos fazendo mal ou bem, basta parar e pensar um pouco. Como o namoro dela há milhares por aí… Relacionamentos em que as pessoas ficam juntas anos e anos apenas por medo de seguir em frente, de terem que enfrentar a si mesmo, de desvincularem de alguém e assumirem sua individualidade no mundo. Não venha chamar isso de amor. Isso é apego, acomodação, preguiça, medo, covardia, egoísmo… É muita coisa, nunca amor. Aliás, nesses casos existe total falta de amor… Amor próprio.

O que pode ser pior do que isso? Estar solteira que não é. Estar solteira não é um problema, é uma solução nesse e em muitos outros casos. Uma pessoa que consegue ser verdadeiramente feliz solteira mostra que saber estar sozinha, que não necessita de alguém para se divertir, que curte a sua própria companhia sem precisar esfregar felicidade na cara dos outros, que sabe que vale muito e que não é qualquer pessoa que surgir que vai mudar isso. Pessoas que estão sempre em um relacionamento diferente, que já em um namoro começam a procurar outras opções antes mesmo de terminar, que nunca fazem intervalos entre seus namoros e parecem estar sempre à caça de companhia são patéticas. Como diz a tal frase de autoria desconhecida “Quem não é um bom ímpar, jamais será um bom par”.

A gente pode até não controlar os nossos sentimentos, mas as nossas ações são de nossa total responsabilidade. Só quem chega pra acrescentar tem que ter lugar na sua vida. Afinal, por que você precisa de alguém pra subtrair? Deixa o drama pras novelas mexicanas, as complicações para os romances que você lê, os choros pros filmes em que o cachorro morre e as preocupações para as coisas que realmente têm relevância. Para de buscar nos outros o que você só vai encontrar dentro de você.

Então, quando você estiver solteira e bem resolvida há um tempo e alguém insistir em te perguntar: “Por que você ainda está solteira?”. Dê um sorriso e responda sinceramente, como eu já fiz: Porque amo tanto a minha própria companhia que não é qualquer uma que me convence a ponto de querer dividi-la.

Quero um amor que surpreenda, que gere faíscas no toque, que faça pulsar cada músculo do meu coro e que transcenda a minha alma… Enquanto isso não acontece, acredite, estar sozinha é infinitamente melhor.


Esse texto não é simplesmente incrível? Espero que tenham gostado tanto quanto eu, e que possam enxergar coisas que antes não estavam vendo pelas ilusões da vida.

Ótima semana!

signatureWatana

 

Comentários

comentário(s)