Oscar 2018 – Conheça os vencedores

Navegar por...

Todo mundo espera algo de uma noite de Oscar. Assim como em O Mundo da Lua, todo pode acontecer. O problema é que, na 90ª edição, praticamente nada aconteceu.

Depois de todo o fiasco ocorrido em 2017, seja na apresentação de Jimmy Kymmel, seja pelo erro no fim da noite, a cerimônia de 2018 foi protocolar, beirando o monótono em muitos momentos.

O saidinho Jimmy Kimmel de 2017 deu lugar a sua versão mais sóbria, que pouco tentou sair de sua zona de conforto. Algumas piadas sobre o ocorrido na ano passado, alguns comentários envolvendo as acusações de assédio por parte de Harvey Weinstein.

Jimmy Kimmel: "Nós não podemos deixar o mau comportamento aconteça mais"

Jimmy Kimmel: “Nós não podemos deixar o mau comportamento aconteça mais”

Fora da parte das premiações, o ponto alto foi o movimento Time’s Up se fez presente mais uma vez. Ele, que busca dar um basta nas séries de abusos em Hollywood, teve um grande destaque na premiação, com a apresentação de Ashley Judd, Annabella Sciorra e Salma Hayek. Em tela, foi exibido um vídeo que falou um pouco sobre tudo o que vem acontecendo e buscando cada vez mais a igualdade no cinema.

GettyImages-927304782_770x433_acf_cropped

Ashley Judd, Annabella Sciorra, e Salma Hayek durante a apresentação do Time’s Up

 

Já na premiação, pouquíssima coisa “fugiu do roteiro”. Talvez a maior surpresa tenha sido na categoria Melhor Curta de Animação, onde Dear Basketball rendeu uma estatueta para Kobe Bryant, um dos maiores nomes da NBA.

kobe

5 vezes campeão da NBA, 2 vezes MVP das finais,18 convocações para o All-Star, 1 vaz MVP da temporada e agora um Oscar. Currículo impressionante o de Kobe, né?

Nas categorias nobres, também tudo saiu como os conformes. O ponto fora da curva foi a vitória de Jordan Peele na categoria de Melhor Roteiro Original por Corra! Fora isso, todos que tinham sido destaques em premiações pré-Oscar ganharam.

Peele recebendo sua estatueta. E ele ainda tweetou: I just won an Oscar. WTF?!?

Peele recebendo sua estatueta. E ele ainda tweetou: I just won an Oscar. WTF?!?

Em questão de títulos, a premiação acabou sendo bem dividida. De suas 13 indicações, A Forma da Água acabou levando “só” quatro estatuetas, sendo elas de Melhor Filme, Diretor, Trilha Sonora e Design de Produção. O filme foi seguido de perto por Dunkirk, que conseguiu 3 prêmios em oito possíveis.

Vamos a todos os vencedores?

Melhor Filme

A Forma da Água

Melhor Diretor

Guillermo del Toro, por A Forma da Água

deltoro7

O Del Toro recebe seu Oscar junto ao elenco de A Forma da Água. 4º prêmio nos últimos cinco anos para um diretor mexicano

Melhor Atriz

Frances McDormand, por Três Anúncios Para Um Crime

Visivelmente emocionada, Frances foi a responsável pelo momento Girl Power da cerimônia, numa cena simplesmente linda

Visivelmente emocionada, Frances foi a responsável pelo momento Girl Power da cerimônia, numa cena simplesmente linda

Melhor Ator

Gary Oldman, por O Destino de Uma Nação

Melhor Atriz Coadjuvante

Allison Janney, por Eu, Tonya

920x920

Melhor Ator Coadjuvante

Sam Rockwell, por Três Anúncios Para Um Crime

Sam Rockwell, de Três Anúncios Para um Crime foi o primeiro vencedor da noite

Sam Rockwell, de Três Anúncios Para um Crime foi o primeiro vencedor da noite

Melhor Roteiro Original

Corra!, de Jordan Peele

Melhor Roteiro Adaptado

Me Chame Pelo Seu Nome, de James Ivory

James-Ivory-Oscar

Melhor Filme em Língua Estrangeira

Uma Mulher Fantástica, do Chile

Estrela do filme, Daniela Vega foi a primeira transexual a levar um Oscar e apresentar uma categoria

Estrela do filme, Daniela Vega foi a primeira transexual a levar um Oscar e apresentar uma categoria

Melhor Design de Produção

A Forma da Água

Melhor Fotografia

Roger Deakins, por Blade Runner 2049

Melhor Figurino

Trama Fantasma

Melhor Canção Original

Remember Me, de Viva – A Vida é uma Festa

Melhor Edição

Dunkirk

Melhor Mixagem de Som

Dunkirk

Melhor Edição de Som

Dunkirk

Melhor Animação

Viva – A Vida é uma Festa

Melhor Curta de Animação

Dear Basketball

Melhor Curta-Metragem

The Silent Child

Rachel Shenton, de The Silent Child, falou em linguagem de sinais ao receber o prêmio para que a protagonista pudesse entender o discurso

Rachel Shenton, de The Silent Child, falou em linguagem de sinais ao receber o prêmio para que a protagonista pudesse entender o discurso

Melhor Trilha Sonora

Alexandre Desplat, de A Forma da Água

Melhor Documentário

Ícaro

Melhor Documentário em Curta-Metragem

Heaven is a traffic jam on the 405

Melhor Cabelo e Maquiagem

O Destino de uma Nação

Melhores Efeitos Visuais

Blade Runner 2049


Este post só foi possível com a ajuda de Marilene Melo e de outras pessoas que acreditam no Junta 7 e tornaram-se nossos padrinhos Jotinhas. Colabore você também clicando aqui!

Comentários

comentário(s)