Sereísmo: será que essa tendência veio para ficar?

Navegar por...

O Sereísmo é algo bem antigo. Os primeiros adeptos surgiram na década de 90. Os grunges e clubbers passaram a usar as cores do mar em suas roupas, acessórios e maquiagens. Em 2011, as cantoras Kesha e Azealia Banks apostaram nos cabelos com tons azulados e rosados e em vestimentas com o brilho do mar. A partir daí, modistas de todo o mundo começaram a utilizar os elementos do mar em sua composição.

Com o inicio da novela “A Força do Querer”, da Rede Globo, o sereísmo se tornou ainda mais forte no mundo da moda brasileiro. A personagem Ritinha, vivida pela atriz Isis Valverde, utiliza roupas coloridas e estampadas com desenhos de peixes e conchas.  Essa inspiração nas sereias e no fundo do mar tem dominado as araras das lojas, principalmente nas cidades praianas brasileiras.

Sereísmo-6(Foto: Ego)

Sereísmo-8(Foto: Ego)

Peças com bordados feitos à mão, de crochê, top cropped, saias curtinhas e blusas com recorte ombro a ombro sempre com estampas e cores que remetam ao mundo marinho garantem feminilidade.

Serísmo-9

Sereísmo-10

(Vestido Farm Conchas)

sereismo52(Marina Ruy Barbosa aposta nos vestidos de crochê)

Já para aquelas que querem aderir à tendência, mas sem chamar muito a atenção, a dica investir em acessórios com formato de concha: têm brincos, anéis, colar choker, correntes, pulseiras, tornozeleiras e até bolsas.

Sereísmo-3

Sereísmo-2

Sereísmo

Sereísmo-4

Sereísmo-13

Sereísmo-14

Serísmo-11

Sereísmo-12

Sereísmo-7

E você, se inspirou? Conte para nós nos comentários o que você usa ou gostaria de usar para aderir ao sereísmo.

_____________________________________________________________________
Este post só foi possível com a ajuda da Marilene Melo e muitas outras pessoas que acreditam no Junta 7 e tornaram-se nossos padrinhos Jotinhas. Colabore você também clicando aqui

Comentários

comentário(s)