Navegar por...

Tag Archives: Crítica

unicorn_store_06

Crítica | Loja de Unicórnios

Primeiras incursões de atores na cadeira de diretor sempre rendem muita expectativa. Algumas que são atendidas e outras que acabam falhando no processo. Brie Larson, que sentou na cadeira de diretora pela primeira vez em Loja de Unicórnios (Unicorn Store, 2017), conseguiu atender e superar

star_is_born_01

Vale Ver | Nasce Uma Estrela

A internet tem a (boa?) mania de exaltar determinados indivíduos e suas produções. Ainda mais quando ela se traveste com uma roupagem nova, por mais formulaico que seja seu conceito. Nasce Uma Estrela (A Star Is Born, 2018) é um desses casos. E não, travestir-se

Roma_netflix_04

Crítica | Roma

Eu sou uma pessoa particularmente apaixonada por filmes sobre a vida. Aquelas produções que, a princípio, dialogam com o nada, mas que no fundo apresentam histórias e construções repletas de significado. Roma é um desses casos, o tipo de filme que exalta a beleza existente

MV5BNmFkZTI2NWUtMzRkNS00YjY1LWExMmItYzkyMjkzYjM4MjA4XkEyXkFqcGdeQXVyNjc0NzQzNTM@._V1_

Crítica | Bohemian Rhapsody

Retratar paixões nunca será uma tarefa fácil, principalmente quando esse amor é o mesmo amor de milhões de pessoas. A linha tênue entre o sucesso e o fracasso se torna minima, por isso aquilo precisa ser praticamente perfeito. Ou quase isso. Bryan Singer e Dexter Fletcher tiveram

the_predator_02

Crítica | O Predador

O Predador divide com Alien e Exterminador do Futuro um espaço capcioso no cinema atual. São franquias que fizeram sucesso nos anos 80 e 90 e que clamam por boas atualizações. Excluindo o desastre que foi Exterminador do Futuro (porque não tem como defender o

ThePackage_01

Crítica | O Pacote

A qualidade do cinema besteirol adolescente é algo extremamente subjetivo. Há quem veja filmes como American Pie e cults como o Clube dos Cafajestes de 1978 como retratos da excelência cômica de uma geração, mas também existem aqueles que veem neles filmes pobres e sem

insatiable_04

Insatiable é tão ruim quanto parece

Eu sou um entusiasta do humor negro, daquele politicamente incorreto que provoca riso pelo desconforto. Grande parte das comédias que consumo partem desse riso desconfortável e Insatiable despertou minha curiosidade justamente por tratar de um assunto com potencial para o politicamente incorreto fazer o que faz