Sucesso nos cinemas, Thanos traz o caos em Fortnite

Navegar por...

Vingadores – Guerra Infinita é um sucesso. Seja de público, crítica e renda, esse era o filme mais aguardado do ano para milhões de pessoas, e isso é corroborado pelos números alcançados. A cada dia, o longa que estreou há cerca de três semanas, quebra novos recordes. O mais expressivo é que ele demorou apenas 11 dias para arrecadar UM BILHÃO DE DÓLARES em bilheteria. Sim… Uau!

O filme, primeiro capítulo do fim do primeiro arco cinematográfico do MCU contou a história de Thanos, um dos maiores dos vilões na Marvel. O longa mostra sua caçada pelas seis Joias do Infinito, que quando unidas na Manopla do Destino, podem lhe dar uma força inimaginável. E tudo isso para que ele cumpra seu propósito de gerar um equilíbrio no universo.

Não vou me alongar, já que o foco deste texto é outro, mas se você quiser saber mais sobre Vingadores – Guerra Infinita, nós produzimos muito conteúdo sobre ele. Tem Juntacast com e sem spoiler. Tem crítica, crônica e teorias sobre o filme 4. Vale a pena conferir.

A febre que o Titã Louco conseguiu gerar nos cinemas foi tamanha que isso se alastrou para outras mídias. Não, não estou falando dos quadrinho, de onde ele veio. A febre de Thanos agora está em um jogo, que se tornou tão febre quanto. Fortnite.

O Thanos vai ter pegar ♪

O Thanos vai ter pegar ♪

Fortnite é um jogo de estilo battle royale. Na maior vibe Jogos Vorazes, isso significa que 100 jogadores entram em uma batalha em campo aberto, de todos contra todos. No fim das contas, quem sobrevive, ganha a partida.

A mecânica do jogo é exatamente igual a de Battlegrounds. O que o difere é que se estilo de gráfico é algo mais desenhado, ao contrário do PUBG, onde o realismo é que domina.

E assim como seu rival, Fortnite se tornou um sucesso entre os gamers, sendo o prato principal para a galera que faz live streaming do jogo. Uma rápida pesquisa no Youtube e você vai encontrar uma caceteda de vídeos sobre esse jogo.

Aproveitando o sucesso de ambos, jogo e filme, eles fecharam uma parceria e introduziram o Titã no modo battle royale, com o personagem mais apelão do mundo. Se liga só.

Enquanto os jogadores estão caindo para dentro do jogo, um raio rasga o céu do jogo. É um pássaro? É um avião? É o Super Homem! Não, mentira. O que está na ponta desse foco de luz é, nada mais, nada menos, que a Manopla do Infinito. Aí, amigos, o bicho pega.

Ao tocar o solo, a regra é simples: quem pega a Manopla, automaticamente se torna o Thanos. Fazendo isso, que possuiu seu poder em mãos, literalmente, se torna o jogador mais forte da partida. Da mesma maneira que se torna o alvo mais visado.

Enquanto você está no formato de Thanos, seus poderes são assustadoramente maiores do que os dos adversários. Ao invés de portar armas, como os outros, o personagem da Marvel solta um raio pela mão para derrotar seus inimigos. Outra diferença é que, ao invés de construir fortificações como defesa instantânea, ele possui escudo, que se regenera ao eliminar um adversário.

Outro ponto bacana do Thanos é o seu salto. Usado como tentativa de se esquivar de tiros, o bichão dá um salto muito alto. Ainda existem a possibilidade de combinar o salto com um gole. Ao cair no chão, o Titã faz um pouso ao melhor estilo superhero landing, para deixar qualquer Deadpool orgulhoso. Isso ainda te ajuda a destruir prédios na busca por rivais.

Passou a "lambida" nos rivais? Então manda aquele dab pra galera

Passou a “lambida” nos rivais? Então manda aquele dab pra galera

A diversão de jogo é garantida, para quem joga e para quem vê gameplays. Esse modo está disponível desde o dia 8 de maio e tem duração limitada, porém sem a confirmação de uma data de quando vai acabar.

Se eu fosse você, corria para jogar e testar todo o poder destruidor de Thanos.

Fortnite está disponível gratuitamente para PC, PlayStation 4, Xbox One e iOS


Este post só foi possível com a ajuda de Marilene Melo. Ela e outras pessoas que acreditam no Junta 7 e tornaram-se nossos padrinhos Jotinhas. Colabore você também. É só clicando aqui!

Comentários

comentário(s)